Independência

Independencia banner

Na manhã desta segunda-feira (18) a equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Mossoró deflagrou a operação Black Gold, com o objetivo de prender dois suspeitos de terem matado Paulo Luan Sena Marques, de 20 anos, no dia 16 de fevereiro de 2024, no bairro Ouro Negro.

A operação contou com a participação de outras delegacias que atuam no município.

Quando os policiais chegaram ao endereço onde os mandados seriam cumpridos, descobriram que o local funcionava como uma espécie de “fortaleza”, que servia de base para uma facção criminosa que atua na cidade.

Alexius Cauã Simão Ferreira, de 21 anos( foto), alvo da operação e suspeito do homicídio de Luan, foi preso no local. Um segundo homem, de 28 anos, foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e corrupção de menores.

Um adolescente de 14 anos foi apreendido em flagrante por ter praticado atos infracionais análogos ao crime de posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Na “fortaleza” os policiais também apreenderam quatro armas de fogo, sendo duas armas calibre 12, um revólver 38 e um revólver 32, além de diversas munições. Ainda, foram apreendidas drogas prontas para a venda, bem como aproximadamente R$ 350 em dinheiro fracionado.

O segundo alvo da operação, Antônio Jefferson da Silva, encontra-se foragido. A polícia pede que quem souber informações que possam levar ao seu paradeiro, entre em contato por meio do 181 ou pelo (84) 98118-1478. O sigilo da fonte é garantido.

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim