Governo

640x128

 

Foto: Luana Costa/AGORA RN

Marcada pelo aumento na procura por chocolates e peixes, a Páscoa é um dos feriados religiosos mais aguardados pelo comércio potiguar. De acordo com levantamento do Instituto Fecomércio RN (IFC), a data deve movimentar cerca de R$ 194,2 milhões nos municípios de Natal e Mossoró – um aumento de mais de 10% em comparação ao ano passado, quando a expectativa era injetar aproximadamente R$ 176,5 milhões.

Em todo o Rio Grande do Norte, impulsionada também pelo alto número de pessoas que viajará durante o feriado, a Páscoa movimentará cerca de R$ 498 milhões. Para o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, a expectativa não é apenas de um crescimento nas vendas, mas de uma maior distribuição dos gastos no interior do estado.

“Nossa pesquisa revelou que mais de 16% dos natalenses e quase 19% dos mossoroenses pretendem viajar durante o feriado da Páscoa – gastando cerca de R$ 400 para visitar, principalmente, outros municípios do Rio Grande do Norte. As cidades do interior serão o destino de mais de 60% dos natalenses e de 50% dos mossoroenses, então esperamos uma capilaridade maior dos gastos pelo estado”, explicou Marcelo Queiroz.

57,9% dos natalenses irão comprar nos shoppings

Cerca de 63,7% dos natalenses devem ir às compras para o feriado da Páscoa. A maioria pertence ao sexo masculino (65,3%), possui de 25 a 34 anos de idade (69%), ensino superior completo (67,5%) e renda familiar de 5 a 10 salários-mínimos (73,7%). Além disso, a maior parte pretende comprar principalmente em shoppings (57,9%) e presenteará os filhos (45,3%).

Em comparação a 2023, o valor gasto com chocolates deve crescer em aproximadamente 6,6%, saltando de R$ 98,49 para R$ 104,97. A intenção de consumo de peixe também cresceu e, neste ano, 73,1% pretendem comprar este tipo de carne branca. Para tanto, os natalenses esperam gastar cerca de R$ 79,75 – um aumento moderado em relação ao ano passado, quando o valor registrado foi de R$ 76,85.

Os natalenses pretendem viajar na Semana Santa (16,5%), tendo o gasto de R$ 394,09. No total, o feriado de Páscoa movimentará R$ 142,9 milhões na economia natalense.

Gastos em Mossoró serão maiores do que na capital

Em Mossoró, as compras para a Páscoa movimentarão cerca de R$ 51,3 milhões, um crescimento de 19,6% em comparação a 2023. Além disso, os consumidores do município planejam gastar cerca de R$ 108,68 com chocolates – um aumento de 10,4% em comparação ao feriado do ano passado, quando o valor registrado foi de R$ 98,47. Os gastos com peixe também devem crescer aproximadamente 12,2%, saltando de R$ 76,19 para R$ 85,48.

Diferente do observado em Natal, cerca de 52,3% dos consumidores de Mossoró farão as compras de Páscoa no comércio de rua. De acordo com o levantamento do IFC, a maior parte de quem vai às compras na capital do Oeste pertence ao sexo masculino (51,9%), tem de 25 a 34 anos de idade (63,1%) e ensino superior completo (63,7%). Além disso, a maioria tem renda familiar de 5 a 10 salários mínimos (70,6%) e superior a 10 SM (70,6%).

Metodologia – Para mapear a intenção de consumo para a Páscoa de 2024, o Instituto Fecomércio RN (IFC) entrevistou, ao longo do mês de março, um total de 600 pessoas em Natal e 500 pessoas em Mossoró. Ambos os levantamentos possuem margem de erro de 3 pontos percentuais e nível de confiança de 95%.

Agora RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim