Governo

640x128

A empresa contratada pela Caern iniciou a sondagem e mobilização para instalação de tubos da adutora Apodi-Mossoró, às margens da BR-304, na sexta-feira (1). O serviço começou no cruzamento da avenida Maria Odete com a BR em Mossoró. Não haverá interdição e o tráfego de veículos ocorrerá normalmente na rodovia federal durante a execução do serviço. Os tubos da adutora começam a ser instalados nesta segunda-feira (4).

A interdição ficará restrita à marginal da BR, que será escavada em dois quilômetros, no trecho entre a avenida Maria Odete e a avenida Abel Coelho (nas imediações do viaduto entre os bairros Abolição II e III).

A previsão é que o serviço na marginal da BR-304 ocorra pelos próximos 45 dias, a depender das condições climáticas. Lembrando que por medida de segurança, as escavações não podem ocorrer durante chuvas ou em condições climáticas que ofereçam risco aos trabalhadores.

Será assentada tubulação de grande diâmetro (800 milímetros). Essa tubulação será interligada às redes já existentes em Mossoró. A água da adutora Apodi/Mossoró será acumulada no reservatório que tem capacidade para 5 milhões de litros que será construído no bairro Bela Vista.

As obras da adutora ocorrem em diversas frentes de trabalho. Além da instalação de tubos na marginal da BR, está ocorrendo serviço da construção de caixa de transição e andamento de adutora dos poços no sítio Carrasco em Apodi. Uma outra equipe de trabalhadores faz serviço na tubulação principal da adutora no trecho entre Mossoró e Apodi na BR-405. E também foi iniciada a mobilização para os serviços preliminares do reservatório que receberá a água dos poços em Apodi.

O Governo do Estado, por meio da Caern, está investindo R$ 200 milhões na adutora Apodi/Mossoró. Nesta fase da obra estão sendo investidos R$ 82 milhões. A previsão da conclusão da adutora é julho de 2025.

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim