Escrita

Escrita banner

 

A atual reitora da Ufersa Ludimilla Oliveira, o vencedor da consulta feita em 2020, Rodrigo Codes e o segundo colocado naquele ano, Jean Berg, estarão frente a frente no único debate que ocorrerá entre eles no dia 26 de março, às 19h, com transmissão pelo YouTube.

Na consulta passada, a professora Ludimilla Oliveira ficou em terceiro, mas foi legalmente nomeada pelo então presidente Bolsonaro.

O debate entre os reitoráveis é organizado pelo Sintest (Sindicato dos Técnicos), Adufersa (Associação dos docentes), Atens (Sindicato Nacional dos técnicos de nível superior das federais) e pelo DCE (Diretório Central dos Estudantes).

O embate vai ocorrer no auditório Amâncio Ramalho, na Ufersa, e poderá ser visto pelo Canal do YouTube do Sintest (Clique AQUI para assistir).

Veja como foi o resultado da consulta em 2020:

1º Rodrigo Codes – 37,55%

2º Jean Berg – 24,84%

3º Ludimilla Oliveira – 18,33%

4° Josivan Barbosa – 12,94%

5° Rodrigo Sergio – 6,33%

O processo eleitoral na Ufersa é chamado de consulta informal, pois serve para montar a lista tríplice enviada ao MEC que é quem de fato escolhe os reitores ou reitoras das federais. Diz a tradição que o primeiro lugar da consulta é chancelado pela Presidência da República, o que não ocorreu na campanha passada. Mas vale frisar que é prerrogativa da presidência nomear quem vai ocupar a cadeira pelos próximos 4 anos.

Na atual conjuntura política, espera-se que o vencedor(a) da consulta informal seja nomeado(a) pelo Presidente Lula. E claro, só saberemos quem será consagrado (a) pela consulta quando homologado o resultado final no dia 10 de abril.

A eleição ocorre dia 4, mas com a possibilidade de recursos previstas em edital, a divulgação final fica para o dia 10.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim