Independência

Independencia banner

 


Os dois detentos que fugiram da penitenciária federal de Mossoró (RN) completam 21 dias de fuga nesta terça-feira (5) e superam Lázaro Barbosa, conhecido como ‘maníaco do Centro-Oeste’. Ele matou quatro pessoas da mesma família, no Distrito Federal, e ficou 20 dias foragido até ser morto pela polícia, em Cocalzinho de Goiás (GO), em 2021.

600 agentes nas buscas e R$ 30 mil de recompensa

Mais de 600 agentes estão à procura dos detentos. Os investigadores concentram as buscas entre Mossoró e Baraúna, cidades separadas por uma distância de cerca de 35 km.

A Polícia Federal passou a oferecer uma recompensa de R$ 30 mil por informações que levem à captura dos foragidos. A denúncia anônima pode ser feita pelo número 181 ou por mensagem para o celular (84) 98132-6057.

O caso Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa de Sousa foi morto pela polícia em 28 de junho de 2021, após uma fuga que atraiu o interesse de todo o país e mobilizou quase 300 policiais. Depois de invadir uma casa em Ceilândia (DF), o criminoso matou uma família inteira: o pai, Claudio Vidal de Oliveira; a mãe, Cleonice Marques; e os dois filhos do casal, Gustavo e Carlos Eduardo.

R7



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Governo