Governo

640x128
Delegada Cristiane Magalhães

Um homem identificado como Evano Menino de Brito, conhecido como Fusquinha, foi preso na manhã desta sexta-feira (16) pela equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Mossoró (DHPP).

Ele é apontado como o autor do sequestro e posterior homicídio de Daniel Sousa Nascimento, de 31 anos. A vítima foi retirada de casa no dia 15 de janeiro e encontrada em uma cova rasa, no dia seguinte, em um matagal, próximo ao córrego do Pirrichil.

De acordo com a delegada Cristiane Magalhães, a motivação para o crime seria o fato de Evano acreditar que Daniel havia roubado drogas que lhe pertenciam. O crime também contou com a participação de um adolescente.

Ainda segundo a delegada, outro homem também teria sido sequestrado, juntamente com Daniel. No local onde o corpo foi encontrado, Evano teria espancado as duas vítimas e, em seguida, obrigado que elas lutassem até que uma das duas informasse onde estava a droga.

Essa segunda vítima encontra-se foragida e não teve o nome informado pela delegada. Ela afirmou que a equipe da DHPP chegou a fazer diligências à procura do homem, mas não o encontrou.

Ouvido pela delegada Cristiane, Evano nega que tenha cometido o crime. Afirmou que estava bebendo na casa de um primo quando a vítima foi sequestrada. No entanto, a delegada afirma que a polícia civil já possui provas suficientes que o colocam na cena do crime, desde o sequestro, até o homicídio.

Evano será indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, cometido por motivo torpe (vingança) e com emprego de meio cruel (espancamento), além de ocultação de cadáver.

Após concluído o depoimento, o suspeito será encaminhado para exames na sede do Itep e, em seguida, conduzido para a cadeia pública de Mossoró, onde ficará à disposição da justiça.

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim