Governo

640x128

 

A chegada de uma das datas mais movimentadas do varejo alimentício, a Páscoa, será acompanhada pela elevação nos preços dos ovos de chocolate. O cacau, matéria prima do produto, teve aumento entre 10 e 30% no valor do custo, segundo a Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (Assurn).

De acordo com o presidente da entidade, Gilvan Mikelyson, esse aumento tem variação de acordo com o tipo do chocolate. O empresário explica que o impacto será maior nos produtos licenciados, que utilizam as imagens de brinquedos e necessitam pagar royalties às empresas detentoras dos direitos de imagem.

“Dependendo de qual tipo de chocolate, se ele é mais puro, se ele é mais hidrogenado, o aumento no custo do produto, isso ligado ao cacau, pode ir de 10% até 30%. Principalmente, os produtos que têm um apelo infantil, os bonecos, personagens, são os que mais sofrem aumento. Você tem que repassar esses direitos de imagem, que são personalizados. Aqueles mais simples, que não tem esse apelo infantil, sofrem menos aumento”, detalhou.

Apesar do aumento nos preços, a previsão é de crescimento no volume de vendas dos ovos de páscoa em comparação ao ano passado neste mesmo período. Segundo Gilvan, a perspectiva do varejo é de um aumento de 5% a 10%. No varejo, a data é considerada a terceira maior, em termos de vendas, atrás somente do Natal e do Dia das Mães, a Páscoa será celebrada no dia 31 de março.

Tribuna do Norte



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim