Governo

640x128

 


Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o momento em que um policial militar à paisana agride a filha, na madrugada de terça-feira 13, em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. Uma mulher tentou intervir na situação, mas acabou também sendo agredida. A confusão terminou com a condução dos indivíduos à delegacia.

Por meio de nota, a PM classificou a ocorrência como grave e que a atitude viola os valores da instituição. Um procedimento administrativo foi aberto. Confira a nota na íntegra:

A Polícia Militar esclarece que classifica como grave a ocorrência da madrugada desta terça-feira (13), na praia de Pirangi, durante os festejos carnavalescos, onde um policial militar à paisana agride uma mulher identificada como sua filha, iniciando uma briga com outras pessoas que presenciaram o fato, momento em que outro policial militar à paisana interveio na tentativa de conter a situação, gerando uma briga, sendo necessária a pronta intervenção por parte da Policia Militar e a condução dos envolvidos à delegacia de plantão.

A atitude viola frontalmente os valores fundamentais da Instituição, especialmente a disciplina, a honra e a dignidade humana, exigindo assim a abertura de procedimento administrativo.

A PMRN reafirma que não compactua com esse tipo de conduta por parte de seus integrantes.

Assessoria de Comunicação Social


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim