Banner

Print

Criminosos quebraram seis postes de uma linha de transmissão de alta tensão e furtaram 600 metros de cabos na noite de terça-feira (27) entre as cidades de Guamaré e Macau, na Região Costa Branca do Rio Grande do Norte.

A ação criminosa deixou 7.581 imóveis sem energia, de acordo com a Neoenergia Cosern, concessionária responsável pela distribuição energética do estado, incluindo uma geradora de energia eólica.

Em dois minutos, a Neoenergia Cosern restabeleceu o fornecimento dos clientes atendidos em baixa e média tensões por meio de manobras no sistema.

A geradora, atendida em alta tensão, no entanto, seguia com o fornecimento interrompido até a atualização mais recente desta matéria, porque necessitava da substituição dos postes quebrados e a reposição dos cabos, o que estava sem previsão, pois a região estava alagada em função das chuvas.

Um dos postes quebrados fica na Comunidade Cohab, próximo ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), e os outros cinco próximos à Comunidade Papagaio, zona rural do município.

Segundo a Neoenergia Cosern, essa é a sexta ação criminosa registrada em 90 dias no mesmo trecho. A Neoenergia Cosern abriu um boletim de ocorrência e compartilhou as informações com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

Furto de cabos e falta de energia

De 1º de janeiro a 28 de fevereiro deste ano, o Centro de Operações Integradas (COI) da Neoenergia Cosern registrou 255 faltas de energia provocadas por furto de cabos e de outros equipamentos da rede elétrica em todo o estado.

É possível denunciar esse tipo de crime, de forma anônima e segura, à Polícia Militar, no telefone 190, e no 116 da Neoenergia Cosern. Por questão de segurança, a população nunca deve se aproximar da rede elétrica, principalmente se ela estiver danificada pelo vandalismo.

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA