Independência

BANNER BLOG 2024 0001

 

O preço do botijão de gás de cozinha (o GLP) vai aumentar até 5% a partir do próximo dia 1º de fevereiro no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Revendedores de Gás do RN (SINDIGÁS/RN).

Segundo o presidente Do Sindicato, Francisco Santos, o motivo do aumento se dá pela soma de três custos que serão ampliados também a partir da data. O botijão de gás, que atualmente custa em média R$ 100, poderá chegar a R$ 105, segundo o presidente.

"O aumento do ICMS (Imposto Sobre Mercadorias e Serviços), volta do Pis/CofiNs sobre o diesel e o aumento do salário mínimo, tudo isso impacta nos custos do nosso setor. Nosso gás vem de Fortaleza e Recife, de Suape, então o transporte também é impactado pelo aumento do diesel", afirmou Francisco Santos.

De acordo com o Sindigás, em média, cerca de 650 mil botijões são vendidos no estado e o setor emprega aproximadamente 30 mil pessoas, direta e indiretamente.

O empresário ainda explicou que os preços podem variar em cada região do estado e mesmo dentro de uma mesma cidade, por causa dos diferentes custos de cada empreendedor.

Mossoró Hoje



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Oculum