GOVERNO

640x128
Foto: Polícia Civil/Assecom

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte divulgou, na quinta-feira (11), por meio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), um balanço das atividades policiais ao longo de 2023. 

Os dados divulgados trazem o combate ao crime organizado por meio de ações realizadas pela Polícia Civil do RN. No total, 158 prisões foram feitas, sendo 48 prisões em flagrante delito e 110 por força de mandado de prisão. O resultado gerou um aumento de aproximadamente 32% em relação ao ano de 2022 que contabilizou 120 prisões.

Em 2023, foram apreendidas 19 armas de fogo, 279 munições de diversos calibres e mais de 300 quilos de entorpecentes (cocaína, maconha e crack). 

De acordo com a DEICOR, foi estimado um prejuízo de quase R$ 5 milhões para o Crime Organizado, através de apreensões de drogas, armas de fogo de grosso calibre, veículos, munições e explosivos. 

A Polícia Civil ainda ressalta que desde novembro de 2022 nenhuma ação com uso de explosivo contra instituições financeiras foi registrada.

Em todo o Rio Grande do Norte, a Polícia Civil, através da DEICOR, deflagrou 61 operações policiais contra o crime organizado. Em 2022, o número foi de 48 ações repressivas. 



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO