GOVERNO

640x128

 

A Polícia Militar flagrou na tarde de domingo, dia 28 de janeiro de 2024, dezenas de motoqueiros praticando crimes na pista de pouso da aviação existente na antiga Maisa.

A operação foi comandada pelo Major Emerson Mendes, comandante da 2ª Companhia Independente de Policiamento Rodoviário, com sede perto do Hotel Thermas, em Mossoró.

A Central de Informações da Polícia Militar foi informada, através do 190, que estava acontecendo o evento de “grau” (ato em que o sujeito empina a moto).

Os policiais se deslocaram pela RN 015 e, ao chegar no aeroporto de aviação abandonado na Antiga Maísa, encontraram dezenas de motocicletas em situação irregular.

Os policiais se depararam com dezenas de condutores de motocicletas, sem capacetes, conduzindo veículos com descargas livres, sem retrovisores, sem placas, sem faróis...

Ainda conforme o comandante Emerson Mendes, também estavam sem diversos outros equipamentos de segurança obrigatórios e possuindo inúmeros débitos estaduais.

Ao avistarem a chegada da Polícia Militar, dezenas de motociclistas fugiram do local em alta velocidade. Outros foram abordados e muitos com problemas sérios em suas motocicletas.

Os veículos irregulares foram apreendidos.

A prática do "grau" é considerada uma violação das leis de trânsito que representa um perigo muito grande para quem pratica sem os devidos acessórios de segurança e também para quem está próximo.

Em áreas urbanas é muito perigoso, já tendo ocasionado diversas mortes no Rio Grande do Norte. A mais recente, esta semana em Natal. Em Mossoró, teve o caso da criança morta no bairro Santo Antônio em função de um motociclista praticando "grau".

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO