Independência

BANNER BLOG 2024 0001
Foto: Freepick

Um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) aponta que o avanço da Inteligência Artificial (IA) poderá afetar 40% dos empregos em todo o mundo. A análise aponta, ainda, que a influência da IA será mais pronunciada nas economias avançadas, onde até 60% dos empregos podem ser afetados, especialmente aqueles de natureza mais qualificada. 

Apesar disso, a diretora-geral do FMI, Kristalina Georgieva, afirmou em uma entrevista à agência de notícias France-Presse (AFP), que os impactos não são necessariamente negativos, pois também podem resultar em "aumento dos rendimentos”.

O relatório do FMI, divulgado antes das reuniões do Fórum Econômico Mundial em Davos, que começa nesta segunda-feira (15), na Suíça, alerta para o potencial agravamento das desigualdades salariais. A classe média pode ser particularmente prejudicada, enquanto trabalhadores com salários mais elevados podem experimentar um aumento proporcionalmente superior aos ganhos de produtividade proporcionados pela IA.

Ainda conforme o relatório, Singapura, Estados Unidos e Canadá são os países que estão melhor preparados até agora para a integração da IA. "Devemos concentrar-nos nos países de rendimento mais baixo", disse Georgieva.

Brasil 247


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Oculum