GOVERNO

640x128

 

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC/MOSSORÓ) e o Ministério Público Estadual (MPRN), deflagraram, na manhã desta terça-feira (19), a “Operação Solário Potiguara”, que investiga uma organização criminosa destinada ao tráfico de drogas e de armas no RN. A ação cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão nos municípios de Natal, Mossoró, Tibau, Fortaleza/CE e Icapuí/CE. Sete pessoas foram presas.

As investigações da “Operação Solário Potiguara” identificaram relações comerciais entre traficantes de drogas e de armas do Rio Grande do Norte e do Ceará, além do envolvimento de um policial militar com o comércio ilegal de armas e de drogas na região da cidade de Tibau. A ação cumpriu 11 mandados de busca e apreensão e outros 11, de prisão. O inquérito ainda apura o cometimento dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e comércio ilegal de armas de fogo, além dos crimes corrupção ativa e corrupção passiva.

Ao final das diligências, sete pessoas foram presas, uma delas em flagrante, além de apreendidas armas de fogo, dinheiro, aparelhos celulares e outros objetos de interesse das investigações.

Por parte da PCRN, a ação foi feita em conjunto pela Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), pelo Núcleo Operacional com Cães (NOC – K9) e pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR). A Polícia Militar do RN e a Polícia Civil do Ceará apoiaram e participaram de toda ação.

O nome da operação remete à ideia de lugar ensolarado, onde habitavam os índios potiguaras, ocupantes históricos da região. A ação é inspirada no propósito de combater as atividades ilícitas desenvolvidas naquele território, visando à proteção de seus cidadãos e à pacificação social.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO