Oculum

OCULUM 600 120

 

Após audiência realizada na tarde de quarta-feira (06) entre o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a cooperativa médica dos Anestesiologistas, Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap) e o Hospital Regional Tarcísio Maia, as cirurgias eletivas voltaram a ser feitas na unidade.

O Governo do Estado entrou em acordo com os médicos de Mossoró, no início de hoje em reunião mediada pelo promotor de Justiça Rodrigo Pessoa de Morais.

Os médicos Anestesiologistas, cobravam pagamentos em atraso referente aos meses de abril, maio, junho, julho e agosto de 2023. Na reunião, o Estado se comprometeu que paga este valor agora em dezembro.

Já os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, haverá uma nova reunião no início do próximo ano para o Governo do Estado apresentar um calendário de pagamento.

O pagamento dos plantões atrasados já havia sido reivindicado pelos anestesiologistas na semana passada. Na sexta-feira (1) a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), disse através de nota que o repasse dos recursos seria feito ainda no dia 1º de dezembro.

Procurada novamente pelo Portal Mossoró Hoje, nesta terça-feira (5), a Sesap esclareceu que os procedimentos cirúrgicos na unidade estavam acontecendo normalmente e que o pagamento das empresas que prestam este tipo de serviço estava em dia.

Com o acordo feito hoje, a paralisação foi suspensa e os procedimentos volta a acontecer na unidade. “Vamos nos reunir novamente em janeiro, para que o estado apresente um cronograma de pagamento e essa situação não ocorra mais”, explicou o promotor.

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA