Independência

Independencia banner

 

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) terá um canal público de TV. A reitora Cicília Maia recebeu a confirmação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) na tarde de sexta-feira, 17 de novembro. Também está garantido o canal de FM Educativa. 

A Uern vai operar um canal de TV educativo, em Mossoró, em parceria com a empresa pública federal. A informação foi repassada à reitora pelo diretor-presidente da EBC, Jean Lima, pelo gerente executivo de planejamento da EBC, Vancarlos Alves, e pela secretária executiva da EBC, Janete Coelho. 

O acordo de cooperação será assinado nesta semana, quando a reitora cumprirá agenda em Brasília. 

“Essa é uma pauta que nunca desistimos e que vem de muito tempo. Feliz demais com a confirmação da parceria com a EBC para que Mossoró e região possam contar com dois canais públicos de comunicação, gerenciados pela Uern. É muito bom saber que há esse interesse em levar comunicação pública ao interior do país”, comentou a reitora Cicília Maia.

Com a reitora, participaram da reunião, o chefe de gabinete da reitoria, Lauro Gurgel, o subchefe de gabinete, Jandeson Dantas, o pró-reitor de extensão da Uern, Esdras Marchezan, e o diretor da Uern TV, Fabiano Morais.

A portaria com a consignação do canal de TV já foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 17 de outubro. A portaria referente ao canal de rádio será publicada em breve, garantiu a diretoria da EBC.

Pelo modelo adotado, a EBC recebe autorização do Ministério das Comunicações para gerir os canais públicos de comunicação e, por meio de acordo de cooperação técnica, a EBC autoriza a Uern a gerenciar as emissoras. Finalizada a etapa burocrática, Uern e EBC iniciarão os trabalhos para garantir a implantação e funcionamento das emissoras, que deve ocorrer até o final de 2024.

De acordo com a reitora Cicília Maia, o próximo passo é a busca de recursos para garantir a implantação dos estúdios, com compra dos novos equipamentos necessários. “Por essa parceria, nossos estudantes dos cursos de Jornalismo; Rádio, TV e Internet; e Publicidade terão um campo de atuação e de laboratório melhores, o que vai impactar positivamente em sua formação”, finalizou a reitora.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim