Escrita

Escrita banner

 

Previsão é de que as obras de fundação sejam iniciadas entre março e abril do próximo ano

A governadora Fátima Bezerra participou na manhã de segunda-feira (13), em companhia do prefeito Eraldo Paiva, da solenidade de assinatura da ordem de serviço para a construção da ponte dos Santos Mártires de Uruaçu sobre o rio Jundiaí, ligando o município de São Gonçalo do Amarante a Natal, nas imediações da entrada dos Guarapes. 

“Nós estamos aqui para somar em defesa dos municípios e do Estado do Rio Grande do Norte. Muitos participaram dessa luta, a coisa mais bonita é ter senso de justiça e compromisso com a verdade”, destacou a governadora ao ressaltar a lembrança de Eraldo Paiva com relação à luta do falecido prefeito Paulo Emidio como responsável por assinar a carta compromisso para início das obras na Caixa Econômica Federal. “Que Deus e os Santos Mártires nos abençoe, nos deem sabedoria e disposição para que sigamos de mãos dadas trabalhando pelo desenvolvimento de São Gonçalo do Amarante, da Região Metropolitana de Natal e do Rio Grande do Norte”, concluiu.

A obra da ponte dos Mártires está sendo possível em virtude da parceria da prefeitura com o governo federal. A construção será pelo Regime Diferenciado de Contratação Integral que incluiu, num só pacote, todas as etapas do processo - da elaboração do projeto às demais operações necessárias para a entrega final do equipamento.

O valor é de 45 milhões, sendo R$ 38 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional, e contrapartida do município. No entanto, sem a participação do governo estadual não estaria acontecendo a assinatura da ordem de serviço, na Praça dos Mártires, na comunidade de Uruaçu: “O governo do Estado teve um papel muito importante para a questão da modelagem da cessão do terreno”, lembrou a governadora.

Fátima falou do significado da nova ponte: “é uma obra de caráter estruturante, que vai contribuir muito para o desenvolvimento da própria Região Metropolitana; para fomentar o turismo religioso, uma pauta muito importante, uma pauta de caráter social, porque o turismo religioso, na verdade, congrega duas coisas de caráter muito humanitário: primeiro, a fé, que professamos, que é tão importante para renovar nossa esperança e a confiança nossa em dias cada vez melhores para São Gonçalo, para o Rio Grande do Norte”.

Além disso, prosseguiu a governadora, “a fé associada à cidadania é bem-estar pelo quanto o turismo religioso vai fomentar o desenvolvimento do nosso estado, trazendo aquilo que o nosso povo mais precisa, que é a geração de empregos e melhoria da renda.”

O prefeito Eraldo Paiva agradeceu a todos os envolvidos no processo que levou à assinatura da ordem de serviço para a construção da Ponte dos Mártires, que terá 459 metros de extensão total, subdividida em 12 vão de 38 metros cada. “Então, governadora, agradecemos todo o seu empenho, esse sonho não seria realizado se o governo do Estado tivesse criado qualquer tipo de dificuldade”, declarou o prefeito Eraldo. 

A construção da ponte está em fase de estudos e licenciamento ambiental pelos órgãos competentes (Idema, Igarn e secretarias de serviços urbanos de Natal e São Gonçalo). A previsão é de que as obras de fundação sejam iniciadas entre março e abril do próximo ano.

A construção da ponte vai desafogar o tráfego na BR-226 (entre Natal e Macaíba), que hoje conta com uma média de 10.000 veículos por dia, conforme estudos de contagem de tráfego realizados pela Funcern.

A solenidade contou com participações dos deputados federais Benes Leocádio e Fernando Mineiro; deputada estadual Divaneide Basílio, secretários estaduais e municipais, vereadores, padre Murilo Paiva e toda a comunidade de Uruaçu.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA