Escrita

Escrita banner

 

Uma pesquisa feita pelo Instituto TS2 revela como os moradores de Mossoró avaliam diversos serviços públicos e também privados. O levantamento foi às ruas da cidade no dia 14 de outubro e visitou todos os bairros perguntando como as pessoas avaliam serviços como a coleta de lixo, o fornecimento de água da Caern, a qualidade dos bancos, o fornecimento de energia da Cosern, o trânsito e a qualidade de vida na cidade.

A pesquisa ouviu 600 pessoas e tem margem de erro de 4% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95% – isso quer dizer que caso respeitada a margem de erro, a pesquisa tem 95% de chance de retratar a realidade.

Caern com imagem trincada

Os problemas de abastecimento da Caern na cidade este ano ficam evidentes na pesquisa. A empresa pública teve nota média de 4,74 (de 10 pontos possíveis). A nota por exemplo é bem menor do que a atribuída pela média da população a fornecedora de energia Cosern com 7,63. A pesquisa mostra que oito em cada 10 mossoroenses já sofreram com a falta de água (81,6%).

29% dos entrevistados consideram o serviço da Caern ruim, e 21% consideram péssimo – somados isso corresponde a metade da população. Como a pesquisa é feita por bairros, conseguimos ver que no bairro Costa e Silva, é onde a Caern é mais bem avaliada com nota 6,3, enquanto no bairro Dix-Sept Rosado a nota é a mais baixa da cidade com apenas 3.

Cidade boa de morar

A pesquisa também perguntou aos moradores sobre a qualidade de vida na cidade, e o resultado foi positivo. Para 71% dos entrevistados a cidade, a qualidade de vida em Mossoró é boa (42%) e ótima (29%). Apenas para 2% dos pesquisados a cidade tem péssima qualidade de vida.

TCM Notícia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA