Independência

Independencia banner

 


Economistas consultados pelo Banco Central passaram a calcular a taxa Selic em 9,25% ao final de 2024, contra 9,00% estimados anteriormente, ao mesmo tempo que ajustaram marginalmente seus prognósticos de inflação para este ano e para o próximo.

De acordo com a mais recente pesquisa semanal Focus, publicada nesta segunda-feira pelo BC, o mercado vê agora alta de 4,63% dos preços ao consumidor brasileiro em 2023, contra taxa de 4,65% estimada no boletim anterior.

O ajuste veio após dados da semana passada mostrarem que o IPCA-15, considerado prévia da inflação oficial, desacelerou ligeiramente a alta em outubro, com nova deflação dos alimentos.

Para o ano que vem, o Focus passou a prever inflação de 3,90%, frente a 3,87% na semana passada.

O centro da meta oficial para a inflação em 2023 é de 3,25% e para 2024, 2025 e 2026 é de 3,00%, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para este ano, a taxa básica de juros Selic continuou sendo calculada em 11,75%.

Já em relação à atividade, os economistas reduziram a expectativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano a 2,89%, ante 2,90% anteriormente, mas a perspectiva para 2024 permaneceu em 1,50% pela sexta semana consecutiva.

Reuters



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO