Independência

Independencia banner

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Santa Catarina está ampliando as formas de atendimento às emergências por meio da utilização de motocicletas adaptadas. O primeiro município a receber a inovação é Itapema. O novo veículo, chamado de “motolância,” será utilizado para o atendimento pré-hospitalar (APH) em locais congestionados e de difícil acesso.

A opção pela implantação do novo serviço ocorre devido à agilidade e eficiência. “As vantagens são muitas, pois diminui o tempo de resposta da ocorrência e o custo operacional é bem menor do que o de uma ambulância”, explica Dionísio Medeiros, diretor do APH Móvel.

As motolâncias estão equipadas com o essencial para a prestação de cuidados de saúde, como desfibriladores, materiais para controle de hemorragias, equipamentos para suporte básico de vida e outros suprimentos médicos. As motos servem como apoio das Unidades de Suporte Básico (UBS) e das de Suporte Avançado (USA).

O veículo é pilotado por um técnico de enfermagem treinado para realizar o primeiro atendimento emergencial ao paciente até a chegada da ambulância tradicional ou da equipe médica avançada.

O acionamento das motolâncias fica sob a responsabilidade da Central de Regulação de Urgências de Balneário Camboriú, e a cobertura abrange as cidades de Itapema e Porto Belo. Integrado à frota do SAMU 192, o veículo funciona todos os dias, das 7h às 19h, podendo ampliar o atendimento dependendo do caso.

Para Dionísio, as motolâncias são fundamentais ao complementar as ambulâncias tradicionais. “Com velocidade, segurança e precisão, os profissionais do serviço trabalham em situações em que alguns minutos fazem a diferença e salvam vidas”, completa.

Nota do Blog: Com o trânsito cada vez mais caótico em Mossoró, a ideia poderia ser adotada no município. Não há dúvidas de que a agilidade natural das motocicletas proporcionaria um melhor tempo de resposta aos atendimentos de urgência e, consequentemente, mais vidas salvas. Fica aqui a dica para a reflexão dos nossos gestores.   


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO