Escrita

Escrita banner

 


Mossoró registrou redução no mais recente Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) realizado no município. Nesta terceira etapa anual do levantamento, realizado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), o índice ficou em 2,4%, registrando, assim, queda em comparação com o levantamento anterior que apontava um índice de 3,1%.

O levantamento dos dados para resultado do atual LIRAa no município foi realizado entre os dias 11 e 15 de setembro. O levantamento de dados pelas equipes do CCZ é uma das muitas iniciativas adotadas pela Prefeitura de Mossoró no trabalho de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti.

“Com o resultado do LIRAa, definimos estratégias de mapeamento. Os números são importantes para guiar as ações, priorizando os bairros que apresentam índices mais elevados no nosso município”, informou Sandro Elias, diretor do Centro de Controle de Zoonoses.

Conforme o resultado do terceiro levantamento do ano divulgado, os bairros de Mossoró que apresentam baixo risco, são: Costa e Silva, Pintos, Alagados, Belo Horizonte, Itapetinga, Dix-sept Rosado, Nova Betânia, Alto da Bela Vista, Centro, Abolições e Santa Júlia.

Vale destacar que o trabalho de prevenção e combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, Zika e chikungunya é realizado de forma contínua no município. Aliado a isso, é importante que a população colabore neste processo que exige cuidados diários.

“É bom salientar a população para se manter sempre vigilante com seus depósitos e recipientes cobertos e protegidos. Se possivelmente lavar uma vez na semana esses locais. Fazendo isso está ajudando a combater o mosquito, pois o ciclo de vida da fase ovo até adulto é entre 7 e 10 dias e com essa atitude da população quebra este ciclo”, explicou Sandro Elias.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA