Oculum

OCULUM 600 120

Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi
 

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instaurou ainda na sexta-feira (8) um procedimento para apurar quem foi o responsável pela pichação do Forte dos Reis Magos, um dos cartões-postais de Natal.

O órgão expediu também ofícios ao Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural do RN (Iphan) e à Fundação José Augusto (FJA), para que eles apresentem, no prazo de 10 dias, as medidas administrativas adotadas para minimizar o problema.

A edificação amanheceu pichada na quinta-feira (7) com mensagens contra o Projeto de Lei Federal 2903/2023, que trata do marco temporal das terras indígenas.

O MP também informou que cobrará melhorias da segurança do entorno do Forte à Polícia Militar e à Guarda Municipal de Natal.

A 71ª Promotoria de Justiça de Natal, que vai atuar no caso, tem atribuição na proteção do meio ambiente e na preservação do patrimônio histórico e cultural.

Leia mais: Cartão-postal de Natal, Forte dos Reis Magos é pichado em protesto contra marco temporal

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA