Cacim

Print

 

Servidores terceirizados da empresa JMT Service, que prestam serviços em diversos hospitais regionais do Estado, incluindo o Tarcísio Maia, Rafael Fernandes e o Hospital da Mulher, em Mossoró, entraram em greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (19).

A principal motivação para a greve é o atraso constante no pagamento dos salários e a falta de pagamento de diversos direitos dos servidores. A paralisação envolverá trabalhadores terceirizados que atuam em áreas como higienização, copa, nutrição, lavanderia, manutenção e maqueiros.

"Essa situação tem sido um problema constante todos os meses. Além dos atrasos salariais, temos férias vencidas desde 2019, cartão alimentação atrasado e reajuste salarial pendente desde maio. Já estamos chegando ao final de setembro, e até agora não há nenhuma perspectiva de pagamento dos salários atrasados de agosto", afirmou Adjakson Carvalho, representante do Sintrahpam.

O dirigente sindical ressaltou que a greve não é a opção preferida pelos servidores, mas tem sido a única medida eficaz para combater os atrasos nos salários.

Mossoró Notícia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA