GOVERNO

640x128

 

Governo do estado mobilizou 5 mil agentes e esquema de segurança para uma das festas juninas mais tradicionais do Nordeste

A 26ª edição do Mossoró Cidade Junina, foi aberta neste sábado (03), com o bloco junino mais aguardado do evento, o “Pingo da Mei Dia”. A governadora Fátima Bezerra fez questão de prestigiar o evento, em Mossoró-RN, que é uma das festas juninas mais tradicionais do Nordeste.  O bloco que toma conta do corredor cultural, na Avenida Rio Branco, tradicionalmente começa pontualmente ao meio dia, e recebe artistas nacionais e internacionais. Para garantir a paz e tranquilidade da festividade, o governo estadual determinou um esquema de segurança num investimento de R$ 1,6 milhão para a festa mais popular do município. 

Antes de se juntar ao bloco junino, Fátima Bezerra se reuniu, no Campus do IFRN/Mossoró, com os agentes de segurança que farão a segurança do Mossoró Cidade Junina, para conferir o detalhamento do esquema planejado, que conta com um Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Pela grandeza do evento todo, a estrutura é fundamental para a execução do planejamento e da integração entre as forças que irão atuar na segurança da festa. 

“O Mossoró Cidade Junina se transformou num patrimônio de Mossoró, especialmente, e também do Rio Grande do Norte, completando 26 anos de existência. Eu, como nordestina raiz, não perco o Pingo da Mei Dia por nada”, comemora a chefe do executivo estadual. 

O investimento do Governo do RN no evento é da ordem de R$ 1,6 milhão, valor que dobrou, em relação ao que foi investido na edição do Mossoró Cidade Junina de 2022, que foi de 800 mil reais. O efetivo também é maior, de 300 para mais de 500 agentes extras por dia durante os 20 dias de festa. Com o CICC, a segurança da festa junina contará com agentes das polícias Militar e Civil, e do Corpo de Bombeiros Militar, que irão atuar em escala extraordinária em todo o Corredor Cultural na Avenida Rio Branco, local onde se concentram as principais atrações. A atuação do Itep será feita com o efetivo ordinário da região. 

“Essa é a maior estrutura de segurança pública por parte do Governo do Estado destinada ao Mossoró Cidade Junina. São ao todo 5 mil homens e mulheres para esse reforço extra, sendo 500 por dia, dos quais a maioria é de policiais militares, também bombeiros e policiais civis”, destaca a governadora.

“É uma operação de segurança pública e defesa social do governo do Estado. Toda a infraestrutura garantida para esses policiais que vão trabalhar”, fala o coronel Araújo, secretário de Estado da Segurança Pública. 

O responsável pelo policiamento ostensivo é oriundo do Comando Regional - os dois batalhões de Mossoró mais a Companhia Independente de Apodi. Por parte da Polícia Civil, haverá uma delegacia móvel disponível para o atendimento da população. A novidade deste ano é que, além do atendimento para todas as ocorrências, haverá um atendimento especializado para casos de violência contra a mulher, com a presença da delegada Paoulla Maués e sua equipe. Além da delegacia móvel, a delegacia de plantão estará preparada para o evento, atendendo aos demais crimes, inclusive da região. 

“Nosso planejamento é conjunto, ou seja, a PM, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, ITEP, agentes do município, e forças federais, como a Polícia Rodoviária Federal”, explica o Coronel Alarico Azevedo, Comandante Geral da Polícia Militar do RN. “Estamos com patrulhas de policiais militares circulando a pé, transitando junto com a população, para evitar pequenos delitos, temos também viaturas de unidades especializadas do Choque e do Bope transitando no entorno”, esclarece o comandante, dizendo que qualquer situação suspeita, procurem a patrulha mais próxima, e desejando que as pessoas aproveitem a festa e se divirtam com segurança. 

E mais, o 190 está em funcionamento, com o Centro Integrado de Operações, uma sala de comando e controle, onde estarão representantes de todos os órgãos de segurança do estado e município para facilitar o atendimento. A operação Lei Seca também estará presente em todos os dias de evento.

Da parte do Corpo de Bombeiros, o Mossoró Cidade Junina contará com 110 agentes por dia envolvidos na proteção da vida, preparados para a prevenção e, se necessário for, para a intervenção, seja o combate a incêndios, atendimentos pré-hospitalares, entre outros. O Corpo de Bombeiros também dispõe duas viaturas operacionais de combate a incêndios, uma de salvamento e uma de resgate para o evento. “A gente obedece a um sistema de Comando de Incidentes, que é um comando unificado onde há várias instituições trabalhando, no caso, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros”, diz Coronel Monteiro Júnior, Comandante Geral do CBM-RN. “Além disso, nosso trabalho começa bem antes, que é o de análise da estrutura para poder liberar a festa”, continua Monteiro.

Junto ao esquema de segurança, o Governo do Estado também elaborou um esquema de atendimento à saúde e de prevenção. “Nós da saúde também estamos integrados com o Corpo de Bombeiros e fizemos um Plano de Contingência, aumentamos escala de plantão no Hospital Tarcísio Maia, numa rede completamente integrada”, fala Lyane Ramalho, secretaria de Saúde do Estado, explicando que o hospital inaugurou a quarta sala para ampliar o atendimento. 

O governo do estado também dispôs de um Ônibus Lilás, da Semjidh, para atender a população, distribuindo material informativo e educativo, pela coordenadoria de igualdade racial presente e atendimento à comunidade LGBTQIA+.

O Mossoró Cidade Junina é um evento totalmente gratuito e atrai turistas de todo o estado e de outras cidades do país, fazendo girar a economia da região, um incremento importante ao comércio local. O evento que começa com o “Pingo da Mei Dia”, se estende até o dia 24 deste mês, com o “Boca Noite”, reunindo ao todo mais de 400 atrações. No bloco deste sábado, mais de 10 atrações e quatro trios elétricos participaram da festa no Corredor Cultural, na Avenida Rio Branco. 


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO