GOVERNO

Independencia banner

 

Em depoimento para a Polícia Civil, uma testemunha afirmou que a mulher que teve 95% do corpo queimado por gasolina no município de Campo Grande/RN, foi atacada pelo marido. De acordo com o delegado que investiga o caso, Gabriel Napoli, o suspeito ainda não compareceu à delegacia para prestar depoimento.

RELEMBRE O CASO

Segundo o delegado, durante as investigações a polícia encontrou na residência onde o caso aconteceu, uma garrafa vazia com vestígios de material inflamável, além de outros materiais que foram encaminhados para perícia do ITEP. Gabriel Napoli explica que aguarda os resultados da perícia para concluir as investigações, mas que o marido da vítima já é visto como suspeito do ocorrido.

“Ele não pode ser considerado foragido porque não existe ordem de prisão, mas ele não se apresentou ainda pra esclarecer os fatos”, disse o delegado.

A vítima de 49 anos, segue internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró/RN, continua em estado grave. Os médicos aguardam a estabilização do quadro para transferir a mulher para o Hospital Walfredo Gurgel.

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO