GOVERNO

640x128

 

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) informa que mais um aparelho de ar-condicionado pegou fogo na manhã desta quarta-feira (24). Segundo o Sindiserpum desta vez o incêndio ocorreu na Escola Heloísa Leão, causando apenas susto em alunos e professores, por não suportar a sobrecarga elétrica.

“A ideia, inicialmente pode até ser de boa intenção, mas, no afã de enganar a população com seu aparato midiático e sensacionalista, o prefeito Allyson Bezerra colocou a carroça na frente dos bois, numa ação no mínimo irresponsável: prédios novos não foram planejados para receber as tais centrais de ar-condicionado em todas as salas e prédios antigos, alugados, já não tinham condições para tal”, diz nota.

Ainda de acordo com o sindicato uma ou outra unidade foi “adequada” para servir como “modelo”, aonde se pode ir para tirar fotos e fazer filmagem para a publicidade falsamente azul da gestão, mas, em sua grande maioria, os tão propalados ar-condicionados têm sido apenas isto: figuração.

E questiona: “Resta saber se o Corpo de Bombeiros e autoridades de segurança estão cientes desta ação desastrada e perigosa por parte do Executivo municipal”, alerta.  

A assessoria de comunicação do Sindiserpum, atualizou informação sobre o ar-condicionado que incendiou na manhã desta quarta-feira. “Segundo o Sindiserpum este aparelho em específico não foi instalado pela Prefeitura, mas adquirido com recursos próprios da escola há 08 anos. Ainda que a escola precisa “com urgência de reparos em todas as salas”.

Ainda de acordo com nota, o extintor instalado no local, não funcionou diante da situação.

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO