Oculum

OCULUM 600 120

 

Começa neste sábado (6) a Série D do Campeonato Brasileiro de 2023, com a participação de 64 clubes, entre os quais vários ex-campeões de outras divisões nacionais. A competição será dividida inicialmente em oito grupos de oito times, cada qual enfrentando seus sete rivais em jogos de ida e volta. Classificam-se os quatro melhores de cada chave.

A partir da segunda fase, os 32 clubes se enfrentam no sistema de mata-mata. Os quatro semifinalistas garantem acesso à Série C.

Para esta edição da Série D, a CBF vai destinar R$ 105 milhões. Além de bancar toda a organização da Quarta Divisão nacional, a entidade determinou um aumento de quase 50% de premiação para os 64 participantes da competição.

“Fazemos uma administração austera para a CBF ter uma boa saúde financeira, mas queremos também distribuir renda para os nossos clubes. A CBF tem esse papel de fomentadora do futebol brasileiro e não vai abrir mão disso”, afirmou o Presidente Ednaldo Rodrigues.

A Série D deste ano contará com três ex-campeões da Série B: Tuna Luso (PA), Internacional de Limeira (SP) e Brasiliense (DF). A equipe da capital federal também venceu uma vez a Série C e foi campeã da Copa Verde em 2020.

A Tuna Luso é outro clube que ganhou o título da Terceira Divisão. Conquista alcançada ainda pelo XV de Piracicaba (SP) e Santa Cruz (PE) – todos agora na Quarta Divisão. O time pernambucano, por sinal, já fez bonito na elite nacional, ocupando duas vezes o quarto lugar na Série A, além de ter levado para casa o troféu da Copa do Nordeste em 2016.

O Brasil de Pelotas (RS) também já se destacou numa edição do Brasileirão. Foi em 1985, quando chegou em terceiro lugar, atrás apenas de Coritiba e Bangu (RJ).

Entre outros participantes da Série D estão o Campinense (PB), vencedor da Copa do Nordeste de 2013, o Santo André (SP), que ganhou a Copa do Brasil em 2004, e o Ferroviário (CE), o único dos 64 que já dispõe de um troféu da própria Série D.

O Rio Grande do Norte será representado por Potiguar e Globo.

Portal do Oeste


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA