GOVERNO

640x128

 

Larissa Rosado é atualmente vereadora em Mossoró pelo União Brasil (Foto: Edilberto Barros)

A vereadora Larissa Rosado (União Brasil) divulgou nota sobre a cassação do seu mandato, no âmbito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Larissa nega fraude à cota de gênero, motivo da cassação do seu mandato.

Ela também afirmou que vai apresentar recurso e provar a legitimidade de sua eleição”.

Veja a nota:

Recebemos com surpresa a notícia sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou a chapa de vereador do PSDB nas eleições de 2020, em Mossoró/RN, visto que a Justiça Eleitoral, por três oportunidades, na 33ª Zona Eleitoral, no TRE e no próprio TSE, reconheceu que inexistem provas mínimas de fraude.

Reafirmamos que jamais houve, no PSDB Mossoró, nas eleições 2020, qualquer fraude à cota de gênero. Como é sabido, durante nossos mais de 20 anos de vida pública, sempre defendemos a mulher e o fortalecimento da presença feminina da política e em todos os espaços.

O julgamento, segundo informa nossa assessoria jurídica, diz respeito a um agravo regimental no qual inicialmente o TSE vinha votando pela manutenção da improcedência, mas, após adiamento da votação, mudou o entendimento, cassando toda a chapa.

Apresentaremos recurso e demonstraremos a legitimidade da nossa eleição.

Larissa Rosado


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO