GOVERNO

640x128

Mais de 100 imóveis foram flagrados com ligação irregular de água nos loteamentos Nova Mossoró e Cidade Verde (bairro Itapetinga), na cidade de Mossoró. O prejuízo estimado, segundo a Caern, é de pelo menos R$35 mil.

No entanto, esse valor pode ser ainda maior, considerando que parte dos imóveis ainda não possuíam registro junto à Caern, ou seja, desde a construção já usavam água decorrente de ligação clandestina.

Para se ter uma ideia, em uma das ruas fiscalizadas, com 64 imóveis, 27 foram flagrados usando indevidamente a água fornecida pela Caern. Em outra localidade, dos 97 imóveis, 42 furtavam água do sistema de abastecimento.

A fiscalização foi realizada pela Caern na região entre os meses de fevereiro e maio deste ano após uma série de denúncias do popular “gato de água”. Ao todo, foram encontradas 114 ligações clandestinas na rede de água, sendo 70 imóveis no Nova Mossoró e 44 no Cidade Verde.

Além do corte imediato nos ramais clandestinos e aplicação de multas aos usuários, foram aplicadas multas aos clientes que não regularizaram a situação, totalizando mais de R$8 mil, todos do loteamento Nova Mossoró.

Os proprietários dos imóveis autuados no loteamento Cidade Verde devem buscar a Companhia para regularizar a situação gerando um cadastro com número de matrícula.

Após os primeiros cortes, mais de 35% dos usuários cortados buscaram a companhia para regularizar a situação junto à Caern, realizando o registro do imóvel com geração de matrícula.

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO