Crianças a partir dos seis anos de idade, jovens e adultos que queriam aprender e desenvolver suas habilidades no jiu-jítsu, podem fazê-lo participando de forma gratuita do projeto Kyou, realizado no Ginásio de Esporte Pedro Ciarlini. O projeto foi idealizado pela Igreja de Cristo no Brasil e é executado em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Juventude (SEMEJ), da Prefeitura de Mossoró.

O projeto Kyou, que traduzido para o português significa “união de forças”, de acordo com o pastor Francinílson Melo, coordenador/responsável, “se propõe a oferecer inclusão, cuidado terapêutico por meio do esporte”.

O projeto conta com uma equipe técnica que inclui um professor da modalidade, médico, fisioterapeuta, assistente social e psicóloga.

As aulas, iniciadas há cerca de três meses, acontecem aos sábados pela manhã em uma das salas do Ginásio Pedro Ciarlini.

“Nosso intuito é incluir mais as crianças e jovens no esporte, que eles possam conhecer o jiu-jítsu e seus benefícios, como também possamos engajar os pais desses alunos na proposta”, explicou Gabriel Sales, professor graduado com a faixa preta e responsável pelas aulas.

O projeto Kyou reúne alunos de diversas faixas etárias. Um deles é Gabriel Filho, de 10 anos, praticante da modalidade desde os dois anos de idade. “É muito bom fazer o jiu-jítsu. Eu me sinto muito bem aqui. Me serve em várias coisas, inclusive na defesa pessoal”, relatou o jovem atleta que já participa de competições em sua faixa etária.

Para Ághata Nicole, de 14 anos, seis dos quais dentro do jiu-jítsu, o esporte lhe atrai. “É muito estimulante. Dá sempre vontade de estar aqui, treinando”, admitiu.

As inscrições para o projeto Kyoto, de Jiu-Jítsu, continuam abertas.

Serviço

- Inscrições/informações: fone/whatsapp (84) 9 8718-0431

- Aulas: sábados

- Local: Ginásio Pedro Ciarlini

- Horários: 9h (crianças de 6 a 11 anos) e 10h (jovens e adultos)


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem