O Tribunal Regional Eleitoral julgou por 7 a 0 pela absolvição da prefeita de Areia Branca, Iraneide Rebouças e do seu vice-prefeito, Bruno Filho, de crimes de abuso de poder econômico e político nas eleições de 2020.

Segundo as denúncias, os então candidatos, foram denunciados pelo adversário, Toninho Cunha e pela Coligação para Areia Brancada prática de condutas vedadas e abuso de poder político/econômico nas eleições de 2020 em face da contratação de servidores, da execução do programa Renda Cidadã e do uso dos meios de Comunicação com a finalidade eleitoreira o que foi afastado pela Justiça Eleitoral.

Dessa forma, Iraneide e Bruno seguem no mandato municipal até 2024.

Justiça Potiguar



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem