As armas nas mãos de cidadãos comuns cresceram 68% no Rio Grande do Norte num intervalo de três anos. Em 2019, eram 6.367 armas. Em 2021, o número saltou para 10.698 registros, número praticamente idêntico ao total de armas registradas na Polícia Militar do RN, com 10.802 armas registradas.

A proporção dos registros para cidadãos em relação ao total de armas tabuladas no Estado também aumentou neste período, saltando de 46% para 55%. Em 2021, o RN possuía 19.282 armas registradas com cidadãos comuns, caçadores, servidores públicos com prerrogativa de função, segurança privada e outros (sem incluir as força de segurança).

Em 2019, eram 13.798. Os números constam no Anuário Brasileiro da Segurança Pública.

A variação no número de armas registradas no RN cresceu 19,3% em relação a 2020 e 39% em relação a 2019. As pistolas e revolveres são os líderes nos registros em 2021 no Estado, com 11.106 e 5.444, respectivamente.

De acordo com os dados, as empresas de segurança privada, servidores públicos com porte por prerrogativa de função e órgãos públicos sem taxa são as categorias com mais registros de armas no Rio Grande do Norte.

Tribuna do Norte



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem