O Governo do Estado do Rio Grande do Norte alterou nesta quinta-feira (14), por meio do decreto Nº 31.679, a lista que reconhece os municípios mais afetados pelas intensas chuvas no estado. Com a mudança, passam a integrar o conjunto mais cinco cidades: Nova Cruz, Boa Saúde,  Jundiá, Brejinho e Taipu. As informações foram publicadas no Diário Oficial do Estado.

A decisão altera o decreto  Nº 31.671, lançado em  8 de julho de 2022, que estabelece 16 cidades afetadas pelas consequências das chuvas, são elas: Natal, Ceará Mirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Nísia Floresta, Extremoz, Touros, Nova Cruz, Canguaretama, Montanhas, Várzea, Espírito Santo, Pedro Velho,  Tibau do Sul e Ielmo Marinho. Com a nova medida, o número passa de 16  para 21 cidades reconhecidas.

De acordo com as informações publicadas no decreto, a decisão tem como base a  Política Nacional de Proteção e Defesa Civil e os impactos causados pelo aumento das precipitações tanto do ponto de vista humano quanto material e ambiental. Ainda, dão suporte à decisão relatórios repassados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) e o parecer técnico elaborado pela  Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do estado.

Tribuna do Norte



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem