Considerando o número de deputados que cada partido possui na Câmara dos Deputados, a coligação a ser formada em torno das candidaturas do ex-vice-governador Fábio Dantas (Solidariedade) e do ex-ministro Rogério Marinho (PL) deverá ter, aproximadamente, 40 por cento do tempo destinado à propaganda eleitoral, incluindo as inserções.

A principal coligação de oposição está sendo formada até agora pelo PL, Solidariedade, União Brasil, PSD e PP.

FÁTIMA – A coligação em torno da candidatura da governadora Fátima Bezerra à reeleição deverá reunir PT, MDB, PV, PCdoB e Republicanos, ficando com cerca de 25 por cento do tempo de propaganda eleitoral, o que inclui o horário gratuito e as inserções.

O PSB de Rafael Mota não se somará ao tempo de Fátima, já que a súmula do TSE só permite o tempo para a majoritária como um todo, Governador e Senador.

Por esse motivo, o PSDB que vota praticamente todo em Rogério Marinho, não cedeu o tempo para Fábio Dantas, já que metade dos deputado votam com Fátima Bezerra.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem