Cerca de 3 mil taxistas do Rio Grande do Norte receberão o Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis (BEm-Taxista), do governo federal, segundo o Sindicato dos Trabalhadores Autônomos de Transporte Especial Intermunicipal de Passageiros do RN (Sintratep).

A previsão é de que o pagamento seja feito em seis parcelas de até R$ 1 mil, conforme divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência. As duas primeiras serão pagas em 16 de agosto.

Todos os motoristas com autorização para dirigir renovada, vistoria do carro em dia e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida têm direito ao recurso. O motorista não precisa fazer nenhum cadastro.

O benefício para os taxistas faz parte do pacote social pré-eleitoral criado pela chamada PEC Kamikaze, promulgada pelo Congresso Nacional no dia 14 de julho. Entre outros pontos, a emenda constitucional aumentou o valor do Auxílio Brasil, ampliou o Vale-Gás e criou um "voucher" para caminhoneiros e um auxílio para taxistas.

Os dados dos taxistas cadastrados serão processados pela Dataprev, empresa de tecnologia do governo federal, para então o benefício ser devidamente liberado aos contemplados.

Entre as etapas, o sistema ficará fechado para o envio de informações para que a empresa de tecnologia realize a análise e o cruzamentos dos dados recebidos, a fim de identificar os profissionais que podem receber auxílio.




Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem