O partido de Jair Bolsonaro (PL) gastou R$ 740,5 mil com peças sobre o presidente, enquanto a sigla de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destinou R$ 64.000 para promover materiais do petista. Os dados são da biblioteca de anúncios do Google, de 23 de junho –data em que a ferramenta foi lançada– a 26 de julho de 2022.

O PL fez 15 anúncios no período e destinou verba para todos os Estados, com São Paulo sendo o maior foco, com R$ 105 mil. Já o PT divulgou 10 peças e priorizou o Rio de Janeiro (R$ 36.500) e Minas Gerais (R$ 18.500). Leia mais sobre o assunto. 

O boom de investimentos foi na última semana, marcada pelo início das convenções partidárias. Na 5ª feira (21.jul.2022), o PT aprovou a candidatura de Lula e a indicação do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para ser o candidato a vice na chapa. No domingo (24.jul), Bolsonaro e o general Walter Braga Netto (PL) lançaram candidatura à Presidência da República.

Os dados sobre investimentos no Google estão disponíveis há um mês, desde que a ferramenta de transparência do Google foi lançada. Faz parte da parceria da plataforma com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para “ajudar na integridade das eleições”. O acordo foi formalizado para combater a desinformação e a disseminação de notícias falsas durante o processo eleitoral de 2022.

Poder 360


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem