Do Mossoró Notícias

O aditivo de quase meio milhão de reais no contrato da reforma do Memorial da Resistência, concedido pela Prefeitura de Mossoró após a obra ter sido concluída, ganhou novo capítulo.

Nesta sexta-feira (1º), o Jornal de Fato noticiou que vereadores de oposição e independentes identificaram que a empresa contratada pertence a dois cunhados do presidente da Câmara Municipal, Lawrence Amorim (Solidariedade), aliado e pré-candidato a deputado federal do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Trata-se da empresa J. Z. R. Construções LTDA, CNPJ: 03.666.171/0001-42, que tem como sócios José Zelito Nunes Júnior (administrador) e Romero Rêgo Nunes, cunhados de Lawrence Amorim. A empresa foi aberta em 22 de fevereiro de 2000, com capital social de R$ 2.090.000,00, com endereço na rua Marechal Floriano, 480, bairro Paredões, zona norte de Mossoró.

O fato de Lawrence ser cunhado dos proprietários da construtora, por si só, não significa que houve tráfico de influência, mas reforça a necessidade de órgãos fiscalizadores investigar o rumoroso caso. Lawrence é aliado de primeira hora do prefeito Allyson e tem o apoio da gestão municipal para disputar um mandato de deputado federal nas eleições deste ano.

Outro ponto que provoca os órgãos fiscalizadores é a falta de transparência no processo que envolve a obra do Memorial da Resistência.

Na última terça-feira (28), o Mossoró Notícias revelou com exclusividade que a gestão do Prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) fez um aditivo de R$ 433.724,01 (quatrocentos e trinta e três mil setecentos e vinte e quatro reais e um centavo) para reforma do Memorial da Resistência, depois que obra já havia sido concluída.

Entenda o caso

Em junho de 2021 o Memorial da Resistência recebeu mais de 977 mil reais para sua reforma, conforme as informações contidas no Jornal Oficial de Mossoró JOM (620, 28/06/2021), obra que foi executada conforme prazo estabelecido pelo órgão municipal.

Em junho deste ano, (02/06/22) a prefeitura divulgou em seus canais de mídia a inauguração das praças do corredor cultural, incluindo o Memorial da Resistência. Porém, um dia antes da inauguração e com obra já concluída, a prefeitura realizou contrato aditivo em 01 de junho de 2022 para reforma do Memorial, no valor de 433.724,01 reais, sem justificativas sobre insuficiência de recursos ou pontos inacabados da obra. A informação está publicada no JOM no dia 07 de junho de 2022.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem