Na tarde de segunda-feira (13), a Prefeitura de Mossoró realizou ato solene no pátio do Memorial da Resistência para prestar homenagem aos que lutaram bravamente em defesa do município contra o bando de Lampião, que invadiu a cidade há 95 anos.

O Memorial da Resistência é um equipamento histórico que tem levado aos frequentadores o conhecimento de quem são os verdadeiros heróis dessa história. O historiador Geraldo Lima ressalta a coragem dos mossoroenses em ir às ruas para defender as famílias e o patrimônio da cidade.

“Para que essa história possa ser repassada às gerações futuras, foi criado esse Memorial, que ao contrário de todos os outros vistos no Nordeste com o tema cangaço, esse é dedicado ao defensor e não ao cangaceiro”, enfatizou.

O Memorial da Resistência, além de ser um ponto turístico da cidade, é também um lugar que diariamente recebe visitas de alunos em busca de aprender mais sobre a história do município. “O Memorial é um importante equipamento que resgata nossa memória. Aqui tem sido um ponto de visitação e estamos com uma proposta para fazermos visitas temporariamente das escolas, para que elas possam fazer um rodízio nos espaços culturais da cidade, entre eles, esse Memorial”, frisou a secretária de Educação, Hubeônia Alencar.

Recentemente o equipamento passou por uma reforma, tornando o local mais atrativo e mais seguro para os visitantes. O secretário de Cultura Etevaldo Lima fala da satisfação que é para a cidade de Mossoró contar com um instrumento cultural que narra a história da cidade.

“É uma satisfação enorme termos esse espaço histórico a partir da evidência que tivemos de resistência, relacionado com o protagonismo do prefeito à época. Para nós é muito gratificante enquanto gestor público municipal estar fazendo essa homenagem aos 95 anos de resistência, num espaço onde temos a história contada a partir das imagens e dos fatos históricos evidenciados para toda a população e para os turistas”, enfatizou.

O prefeito Allyson Bezerra enfatiza que a solenidade desta tarde é para homenagear os resistentes que enfrentaram o bando de Lampião.

 “Na cidade existiu aqueles que se juntaram ao prefeito e escreveram seus nomes na história. Então, 95 anos depois vamos descerrar uma placa em homenagem a cada nome, alguns que até hoje têm bisnetos na cidade de Mossoró. Vamos também fazer uma homenagem ao prefeito Rodolfo Fernandes, onde hoje vamos sancionar uma lei que cria a medalha 'Prefeito Rodolfo Fernandes', que será a maior honraria concedida a um mossoroense uma vez por ano, no período do “'Mossoró Cidade Junina'”, concluiu.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem