A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios de Mossoró, prendeu mais um envolvido no latrocínio que vitimou o suboficial da marinha Ricardo Luiz dos Santos, de 57 anos, no dia 26 de junho, no bairro Bela Vista.

João Paulo Borges da Silva, de 24 anos, foi preso na quarta-feira (30), no Abolição 3, muito próximo ao local onde a vítima foi morta.

De acordo com o Delegado Rafael Arraes, na residência do suspeito foram encontrados dois televisores, possivelmente frutos de outros arrastões realizados pela cidade. Uma vítima de um dos arrastões chegou a comparecer a delegacia e reconheceu o televisor que havia sido roubado de sua residência.

A Polícia Civil também prendeu uma segunda pessoa que estaria guardando, a pedido de João Paulo, a arma utilizada no arrastão que vitimou o suboficial, além de dois celulares. O delegado afirmou que esta pessoa não tinha envolvimento direto no crime, tendo apenas guardado os objetos.

Durante o depoimento, João Paulo preferiu usar seu direito de permanecer em silêncio. No entanto, o delegado afirma que tem provas suficientes da participação dele no crime.

A Polícia Civil já tem dois suspeitos sob custódia e segue em diligência para identificar todos os envolvidos no caso.

Mossoró Hoje



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem