Uma menina de 13 anos, assassinada brutalmente ao recusar ter relações sexuais com outro jovem. A recusa de Benigna Cardoso da Silva a tornou símbolo da Igreja Católica em Santana do Cariri, no interior do Ceará, mas a história da adolescente conquistou devotos por todo o estado, e atravessou fronteiras: em outubro de 2022, o Vaticano vai oficializar a Menina Benigna como primeira beata do Ceará e quarta mártir do Brasil.

A data da beatificação foi anunciada na última segunda-feira (2).  As informações são da comissão responsável por reunir os relatos sobre Benigna para o processo de beatificação junto ao Vaticano.

Quando Benigna morreu?

No dia 24 de outubro de 1941, Benigna foi assassinada aos 13 anos por Raul Alves, com golpes de facão. Raul tinha 17 anos de idade e costumava cortejar Benigna, mesmo ouvindo sempre as negativas da adolescente. O acusado, então, tentou forçadamente ter relações sexuais com a menina, mas ela se recusou. A negativa enraiveceu Raul, que acabou assassinando a jovem.

Desde então, fiéis da igreja católica passaram a associar a resistência de Benigna com a manutenção da castidade, contra o pecado, o que tem movido as romarias em veneração à menina.

Quando Benigna vai se tornar oficialmente beata?

A oficialização do processo de beatificação de Benigna Cardoso da Silva, vai ocorrer no dia 24 de outubro, conforme anunciou a Diocese do município do Crato, no Ceará, no último dia 2 de maio.

G1


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem