A 16ª edição da Feira do Livro de Mossoró, que começou nesta terça-feira (3), e segue até sexta-feira (6), está sendo realizada sem o apoio da Prefeitura de Mossoró. A edição deste ano acontece na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

Segundo o idealizador do evento, Rilder Medeiros, a gestão do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) não sinalizou o interesse de avançar com as negociações iniciadas ainda no ano passado. Rilder informou que o recurso proveniente da parceria não prevê a aplicação direta do valor na feira, mas, sim, um incentivo para que os estudantes e professores de escolas públicas municipais possam comprar os livros.

“Há quase um ano, a gente vinha tratando com a Prefeitura de Mossoró para que fosse retomado o Cheque Livro nas escolas da rede municipal. Com esse Cheque Livro, a prefeitura não coloca dinheiro diretamente no evento; ela repassa esse dinheiro para as escolas e os professores e professoras vão com seus alunos para comprar livros para eles e para as escolas. Desde setembro que não tivemos mais nenhuma resposta e até ficamos na dúvida se íamos ter ou não a Feira do Livro neste ano”, relatou Rilder ao Jornal de Fato.

A 16ª edição da feira, teve o apoio do Governo do Rio Grande do Norte.

“A Feira do Livro de Mossoró foi integrada ao Programa RN Mais Leitura, do Governo do Estado. Conseguimos R$ 500 mil reais em patrocínio, que era o valor que estávamos buscando junto com a Prefeitura. Na prática, o Governo do Estado está repassando esse valor para 242 escolas da rede estadual, não só de Mossoró, mas de outras 33 cidades do RN. Esses alunos e professores visitarão a feira e, com o valor repassado, poderão comprar livros e levá-los para suas cidades. É importante frisar que este é o primeiro ano que as escolas municipais não participarão da Feira do Livro de Mossoró”, ressaltou.

Mossoró Notícias



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem