Dezenas de pais de alunos secundaristas entraram em contato com a redação do Portal Mossoró Hoje reclamando que o transporte escolar nas regiões dos Abolições IV, Santa Delmira, Redenção, Santa Júlia, Nova Mossoró e bairros próximos foi suspenso.

Alegam, em sua maioria, que não tem condições, em especial devido ao preço alto dos combustíveis, ter como ir deixar e buscar todos os dias os filhos na escola. Alguns dizem que não tem qualquer condição, pois estão desempregados.

Ao Portal, a secretaria Municipal de Educação, Hubeônia Alencar, disse que todas as rotas de ônibus escolares do município estão com veículos, sem qualquer intercorrência. A frota foi recuperada, ônibus foram alugados para atender todas as rotas.

A Secretaria Municipal de Educação, observou que as rotas de transporte escolar que as famílias estão reclamando são de ônibus da frota da Secretaria Estadual de Educação que deixaram de circular. Tem locais que até passam, mas não levam os  estudantes urbanos.

Já a 12ª Direc, que é responsável pelo transporte escolar da rede estadual de ensino, informou aos pais dos alunos que o transporte escolar na área urbana é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Mossoró e que, por esta razão, retirou os ônibus.

Ao MH, o diretor da Direc, Jadson Arnoud, escreveu:


Ocorre que esta informação repassada aos pais dos alunos não é verdade. Cabe ao município o transporte escolar dos estudantes da rede municipal de ensino e cabe ao Governo do Estado o transporte da rede estadual de ensino.

Qualquer serviço ofertado além disto, é cortesia. É o exemplo do transporte do estudante universitário, que muitas as vezes o Governo do Estado não oferece, as Prefeituras Municipais faz esforços e oferta, não só para universidades públicas, mas também privadas.

O Edilson Braga de Sousa, um dos pais prejudicados com a retirada do ônibus, faz a seguinte pergunta ao Poder Público Municipal. “Gostaria de saber se tem a possibilidade de a prefeitura colocar um ônibus nessa linha?” O mesmo quer saber Nininha Oliveira.

“É complicado pq ficam jogando a gente de um lado para o outro e até agora não apareceu nem um culpado só queremos uma resposta de alguém pois não podemos ficar sem uma resposta”, reclama Nininha Oliveira e também Keyla Cavalcante.

Denyse Castro também quer saber porque somente os alunos da zona rural terão direito a transporte escolar e quem mora na zona urbana não. “Nós pais que dependem desse transporte não podemos ficar sem ele p q nossos filhos tenham como ir p escola”, diz.

Os pais estão sendo orientados a procurarem o Ministério Público do Estadual, em sua promotoria em defesa da Educação e também dos direitos básicos da Criança e do Adolescente para que possa intermediar o retorno destas rotas de transporte escolar.

A Secretaria Estadual de Educação ainda não se pronunciou oficialmente através da 12 Direc sobre o assunto, o  que deve acontecer no início desta semana.

Mossoró Hoje


 





Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem