Do Blog Carlos Santos

A governadora Fátima Bezerra está com um arco multifacetado e amplo de apoios à sua reeleição em Mossoró. De quase tudo, um pouco. Receita de ‘bolo’ do companheiro Lula (PT), ex-presidente da República.

Mantém sua base partidária e legendas agregadas como o PCdoB e PSB do vereador Pablo Aires.

Recebeu de braços abertos o vice-prefeito neo-oposicionista Fernandinho das Padarias (Republicanos).

Alguns vereadores rompidos com o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) já batem ponto em programação da governadora.

Teve garantia há poucas semanas de apoio do grupo da ex-deputada federal Sandra Rosado (União Brasil) e de sua filha, vereadora Larissa Rosado (União Brasil).

Rosalbismo não está descartado

Não está descartada – ainda – a hipótese do rosalbismo lhe mandar aquele abraço nas urnas, como na campanha ao Senado em 2014, quando a então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) pediu voto para ela: “Para senado eu decidi pela educação. Pelo desenvolvimento dos jovens do RN. Por isso voto em Fátima Bezerra,” proclamou Rosalba no dia 29 de setembro de 2014.

Há poucas semanas, Rosalba esteve a ponto de se filiar ao Partido Verde (PV), para compor federação partidária encabeçada pelo PT de Fátima. Conversou com a própria Fátima Bezerra em Natal. Ficou a janela aberta para o diálogo.

Até o momento, não tem ninguém fazendo oposição à governadora em Mossoró.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem