Em contato com o Portal TCM Notícia, José Carlos, morador da Av Dr. Almir de Almeida Castro, relatou que um depósito, que segundo ele pertence a prefeitura de Mossoró/RN, estaria armazenando materiais irregulares e colocando em risco a saúde de quem mora vizinho ao local.

De acordo com José Carlos, no depósito é possível encontrar até grades de túmulos e camas hospitalares. A equipe do portal visitou o local, mas não conseguiu autorização para gravar no interior do depósito. Nas imagens feitas da parte externa é possível ver partes de várias luminárias descartadas. Os moradores temem que com as chuvas, elas acumulem água e sirvam de criadouro do mosquito transmissor da dengue.

“Nós falamos com o prefeito tá com os 65 a 70 dias, ele pediu 30 dias para ajeitar(…) já está com 65 dias e não resolveram nada,” disse José Carlos.

Além do risco de doenças, José Carlos também reclama do barulho no depósito. Segundo ele, nos períodos de festas, como natal por exemplo, há uma movimentação intensa, inclusive durante a noite. O movimento seria de carros, caminhões e funcionários que transportam enfeites e materiais de ornamentação para cidade.

O TCM Notícia entrou em contato com a Prefeitura de Mossoró, mas até a publicação dessa matéria não obteve resposta.

TCM Notícia

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem