Pelo menos 12 deputados estaduais do Rio Grande do Norte trocaram de partido durante a janela aberta no calendário eleitoral, seis meses antes do primeiro turno das Eleições de 2022. As mudanças abrangem metade do poder legislativo e causam uma nova configuração nas bancadas estaduais.

Em um prazo de 30 dias, iniciado em 3 de março, os parlamentares puderam mudar de legenda sem correr risco de perder o mandato por infidelidade partidária. A janela acaba nesta sexta-feira (1º).

A apuração foi feita pelo g1 RN com os próprios parlamentares ou seus assessores. As mudanças fazem parte das estratégias de cada político para as eleições no fim do ano.

As mudanças de legendas no Legislativo estadual fortaleceram principalmente o PSDB que ficará com metade das 24 cadeiras no Poder Legislativo Estadual.

Número de deputados estaduais do RN por partido antes da janela, segundo informações dos próprios gabinetes: 

PSDB: 5; PSD: 3; Solidariedade : 3; PL: 3; MDB : 2; PT: 2; PSB : 2; PROS : 1; PSC: 1; Republicanos: 1, DEM: 1, MDB: 2.

O partido, que é presidido pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, mais que dobrou a quantidade de deputados ao receber mais sete parlamentares em um evento nesta quinta-feira (31). A legenda agora conta com 12 cadeiras no legislativo.

Já eram do partido os deputados Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Tomba Farias.

Chegam: Albert Dickson (ex-PROS), Bernardo Amorim (ex-MDB), Galeno Torquato (ex-PSD), Getúlio Rêgo (ex-DEM), Kleber Rodrigues (ex-PL), Nelter Queiroz (ex-MDB) e Ubaldo Fernandes (ex-PL).

Número de deputados estaduais do RN por partido após janela partidária, segundo informações dos próprios gabinetes:

PSDB: 12; PSD: 1; Solidariedade : 3; PL: 1; PT: 2; PSB : 1; PV: 4; PSDB 12. 

PV vai de zero a quatro deputados

Outro partido que se fortaleceu na Assembleia foi o PV. Até a janela partidária, a legenda não tinha nenhum deputado estadual, mas agora conta com quatro: Eudiane Macedo (ex-Republicanos), George Soares (ex-PL), Hermano Morais (ex-PSB) e Vivaldo Costa (ex-PSD).

O PT, partido da governadora Fátima Bezerra, continuou com dois deputados estaduais. O Solidariedade também não perdeu nem ganhou nenhum novo deputado, permanecendo com três cadeiras na Assembleia Legislativa.

Deputados estaduais do RN que mudam de partido


Deputado Partido anterior Partido atual

Albert Dickson PROS              PSDB

Doutor Bernardo MDB              PSDB

Coronel Azevedo PSC                      PL

Eudiane Macedo Republicanos      PV

Galeno Torquato PSD                      PSDB

George Soares         PL                      PV

Getúlio Rêgo        DEM              PSDB

Hermano Morais    PSB                      PV

Kleber Rodrigues PL                     PSDB

Nelter Queiroz MDB             PSDB

Ubaldo Fernandes PL                     PSDB

Vivaldo Costa         PSD                     PV

Já as legendas PROS, MDB, PSC, Republicanos e DEM deixaram de ter qualquer representação no Legislativo estadual.

O PSD perdeu dois deputados, mas permaneceu com um representante, o deputado Jacó Jácome, que agora preside o partido. Já o PL perdeu três deputados, mas ganhou um novo: Coronel Azevedo, que era do PSC.

O deputado Souza Neto, que confirmou que não será candidato à reeleição, continua no PSB, mantendo uma cadeira para o partido pelo menos até dezembro.

Deputados estaduais do RN que continuam nos mesmos partidos


Deputado estadual    Partido

Cristiane Dantas        Solidariedade

Ezequiel Ferreira        PSDB

Francisco do PT        PT

Gustavo Carvalho        PSDB

Isolda Dantas           PT

Jacó Jácome                PSD

José Dias                        PSDB

Kelps Lima                Solidariedade

Raimundo Fernandes     PSDB

Souza Neto                PSB

Subtenente Eliabe        Solidariedade

Tomba Farias                PSDB

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem