A Força Tarefa da Polícia Federal formada pelas equipes da Polícia Federal dos municípios de Mossoró/RN, Cascavel/PR e Ponta Porã/MS, prendeu no sábado, dia 16 de abril de 2022, o Potiguar Valdeci Alves dos Santos, de 49 anos, no município de Salgueiro/PE.O criminoso estava com uma CNH falsa.

Colorido, como é mais conhecido, é um criminoso temido e considerado um dos cabeças do Primeiro Comando da Capital, em São Paulo, sendo ele o responsável por abastecer com drogas toda a região sudeste do País e tomar todas as decisões importantes da facção criminosa de logística no tráfico e assassinatos.

Em SP, ele responde por tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro, entre outros crimes. É o braço direito de Marcos Roberto de Almeida, o Tuta, de 51 anos. Estava sendo procurado pela Justiça desde 2014, quando fugiu após se beneficiar com saída temporária do presídio.

Segundo o Ministério Público de São Paulo falou ao R7/TV Record, os dois assumiram o PCC  em meados de 2018, quando Marcola foi transferido de presídios de SP para presídios federais, com unidades em Brasília/RN, Mossoró/RN e Porto Velho/RO. 

O Ministério da Justiça tinha informações que Colorido estava morando na  Bolívia, de onde comandava os crimes no Brasil do PCC ao lado de Tuta. O MPSP informa que os dois determinaram a execução de Claudio Marcos de Almeida, o Django.

Colorido estava na lista dos mais procurados do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Há oito anos que a Policia Federal de todos os estados brasileiros trabalhava para localiza-lo e prendê-lo, mas sempre que se aproximava, ele conseguia escapar do cerco policial.

Desta vez, agentes da Polícia Rodovia Federal, que fazem parte da Força Tarefa, juntamente com policiais civis, militares, penais e federais de vários estados, não deixaram margem para colorido escapar. Após capturado, foi levado para os procedimentos de praxe na DP da PF de Salgueiro e em seguida será conduzido para ser processado em SP.

Colorido é natural do município de Jardim de Piranhas, no Seridó do Rio Grande do Norte, e estava comandando o tráfico de drogas, na liderança do PCC, a partir de São Paulo. A Força Tarefa calcula que ele movimentava R$ 1 bilhão por ano.

Ainda segundo informações da PF, Colorido cuidava dos pagamentos pelos fretes, pelo armazenamentos e recebimento de valores pela venda das drogas em todos os estados da região Sudeste. Ao menos é o que constava nas planilhas apreendidas pela Polícia Federal em SP em operações realizadas em 2021.

O advogado Bruno Ferrullo, que patrocina a defesa de Colorido, disse ao R7 que seu cliente  "não é traficante de drogas e nem integra o crime organizado". Sobre os processos que responde na Justiça, "o mesmo provará sua inocência".

Colaboração

A Força Tarefa de Mossoró conta com a colaboração da população por intermédio do telefone 84 3323 8300, bem como pelo WhatsApp 84 9 9218 0326, que são os canais indicados para recebimento de informações, denúncias de crimes etc, sendo o sigilo do comunicante plenamente preservado.

Mossoró Hoje



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem