A produção de dúzias de ovos de galinha superou 9,9 milhões no Rio Grande do Norte no último trimestre de 2021. É a maior marca registrada desde o início da pesquisa, em 1987. Os números foram divulgados pelo IBGE na quarta-feira (16).

O aumento no RN foi acompanhado pelos demais estados do Nordeste, exceto o Piauí, que registrou queda de 4,7%.

De acordo com a pesquisa, o número de galinhas poedeiras não acompanhou o crescimento. O RN contava com cerca 1,5 milhão de cabeças no quarto trimestre de 2021 - redução de 5% em relação ao recorde obtido no trimestre anterior (1,6 milhão de cabeças, aproximadamente).

O RN é quarto colocado na região Nordeste na produção de ovos e no número galinhas poedeiras.

Os dados da Produção de Ovos de Galinha (POG) são divulgados trimestralmente pelo IBGE e as informações são obtidas em estabelecimentos agropecuários que se dedicam à atividade de produção de ovos de galinha, independentemente de sua finalidade, e com capacidade de alojamento de 10.000 ou mais galinhas poedeiras e/ou matrizeiras.

Produção de leite industrializado tem maior crescimento de 2021

O RN produziu cerca de 18,5 milhões de litros de leite industrializado no quarto trimestre de 2021. Houve um aumento de 4,2% na produção em relação ao trimestre anterior.

Apesar do resultado, o RN caiu duas posições dentre os estados do Nordeste, ficando à frente apenas do Maranhão (14,8 milhões de litros) e Piauí (4,3 milhões de litros). O maior produtor da região é a Bahia (155,8 milhões de litros).


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem