O valor de venda do gás natural veicular (GNV) para os postos de combustíveis do Rio Grande do Norte reduziu R$ 0,10 por metro cúbico desde o dia 1º de março, segundo anunciou a Companhia Potiguar de Gás (Potigás).

De acordo com a empresa estatal, esta é a segunda redução no preço do combustível em 2022 e foi resultado do novo cálculo do preço médio usado para cobrança do imposto ICMS.

Segundo a Potigás, a redução ocorreu após solicitação da Secretaria de Tributação do Estado do Rio Grande do Norte (SET/RN) para a revisão do cálculo do imposto que foi congelado pelos estados tentativa de conter o aumento do preço da gasolina e do diesel.

Conforme a empresa, com a primeira redução do GNV em fevereiro, os consumidores do gás natural veicular no estado estavam sendo prejudicados pelo congelamento, porque continuaram pagando imposto com base no preço antigo.

“Esse trabalho da SET foi muito importante porque o congelamento do preço médio ponderado ao consumidor final estava penalizando os usuários GNV do Rio Grande do Norte", disse Larissa Dantas, diretora-presidente da Potigás. De acordo com ela, agora o combustível fica "ainda mais competitivo”.

Agora o estado acumula uma redução total de 12,85% ou de R$ 0,47 no metro cúbico no GNV em 2022. Dentre as distribuidoras do Nordeste, a Potigás pratica a terceira tarifa mais barata para o segmento do GNV, ficando atrás de Pernambuco (Copergás) e Bahia (Bahiagás).

Ações de incentivo

Para incentivar as conversões dos veículos para GNV no Rio Grande do Norte, a Potigás lançou a promoção “Vai no gás com bônus de mil reais”, iniciada em 14 de fevereiro para veículos convertidos com kit a partir da 5ª geração e com cilindro novo.

O projeto oferece R$ 1 mil para quem realizar a conversão. O regulamento está disponível no site da companhia e vale até 15 de abril.

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem