Em declaração dada ao Bom Dia RN/InterTV Cabugi, o diretor do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), da UFRN, Ricardo Valentim disse que o uso de máscara em ambientes abertos tem pouca efetividade no cenário atual da pandemia do novo coronavírus. Com isso, a possibilidade de flexibilização do item é vista como cada vez mais próxima pelos especialistas na área. A entrevista foi realizada nesta sexta 04.

“Com relação a efetividade de máscaras em ambientes abertos, esse é um ponto que já deverá ser discutido e também entrado na pauta do dia no Brasil todo. Nós estamos vendo Brasília, Rio de Janeiro já retirou as máscaras desde o mês de outubro. Em ambientes abertos já é desobrigado. Passou a ser facultativo o uso de máscaras em ambientes abertos. Eu acho que o Rio Grande do Norte deverá entrar nessa discussão”, disse. A medida deve ser avaliada tanto pelo Comitê Científico estadual, como os dos municípios, segundo Ricardo. Neste sentido, o uso de máscaras pode permanecer apenas nos transportes públicos, ambientes fechados e com aglomeração.

“Quando a gente olha para a máscara em ambientes abertos, há pouca efetividade, sobretudo quando nós temos um número grande de pessoas vacinadas”, complementou Ricardo lembrando do cenário de grande adesão da vacinação no Rio Grande do Norte.

A decisão sobre a retirada da obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes abertos só poderá ser aceita dependendo do cenário epidemiológico nos meses de abril e maio, caso não haja aumento dos casos de Covid-19. “Pode se discutir também a retirada, o tornar facultativo, o uso de máscaras em ambientes fechados”, comentou Ricardo.

Agora RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem