O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin filia-se nesta 4ª feira (23.mar.2022) ao PSB. A cerimônia é realizada na sede da Fundação João Mangabeira, em Brasília. Ele chega à legenda com a expectativa de ser vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que concorrerá à Presidência da República mais uma vez.

Líderes nacionais do PSB participam da cerimônia. O presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, fará o discurso de abertura. O governador do Maranhão, Flávio Dino, falará em nome dos gestores estaduais e o prefeito de Recife, João Campos, representará os gestores municipais. O líder da sigla na Câmara, deputado Bira do Pindaré (MA), representará a bancada.

Outros governadores, como Paulo Câmara (PE) e João Azevêdo (PB) também estarão presentes.

Alckmin foi filiado ao PSDB por 33 anos. Foi adversário de Lula e do PT em diversos momentos de sua trajetória política, mas é tido hoje como um fiador da candidatura do petista junto a setores mais conservadores da sociedade. A ideia é passar a imagem de construção de uma frente ampla, algo maior capaz de derrotar o bolsonarismo.

Sua aliança com o partido, no entanto, não é bem vista por algumas alas internas do PT. Há resistência e Lula precisou entrar em campo diversas vezes nos últimos meses para dirimi-las.

Poder 360


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem